• Abner Vellasco

Os principais problemas que você pode ter com seu seguro



Questões ligadas ao prazo na regulação de sinistros foram o principal motivo de manifestações registradas pela ouvidorias de empresas de seguros, seguidas pelas reclamações sobre o valor das indenizações e outros problemas na regulação do sinistro, como a falta de peças para o conserto de um carro.


Esses foram os resultados apurados pelo Relatório de Ouvidorias da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg).


O estudo é um retrato dos atendimentos prestados em 2013 pelas ouvidorias de 33 seguradoras reguladas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Elas representam 92% da receita total do setor e englobam os segmentos de seguros de bens, pessoas, previdência complementar e capitalização.


Segundo o relatório, o seguro de bens, que inclui o seguro de automóveis, foi o segmento com mais manifestações em ouvidorias (38.516), seguido pelo seguro de pessoas (13.888), previdência complementar aberta (10.479) e capitalização (3.740).


Por mais que você converse com o corretor e deixe claro o que gostaria de ter no seguro, sempre confira se todas as informações estão no papel.


A seguradora tem 30 dias para resolver seu problema. Apesar dos clientes se surpreenderem e acharem o prazo longo, este é o tempo previsto por lei.


A escolha de sua corretora de seguros deve levar em conta, principalmente, a experiência e a confiança, uma vez que é por meio dela que virão até você as melhores opções do mercado para sua decisão.


Nesse sentido, para decidir a seguradora mais adequada, você deverá considerar as suas reais necessidades. Você deverá expor para o seu corretor o que precisa proteger e as condições em que deseja fazê-lo. Esse profissional trará para você as opções com as coberturas que atendam às suas demandas, além dos serviços assistenciais disponíveis.


Teve problemas com seu seguro?


Fale conosco e solicite a avaliação do caso por um advogado especialista!



Entre em contato pelos nossos canais:






6 visualizações0 comentário